EM SÃO CARLOS, BAURU E FLAMENGO FAZEM DUELO DOS ÚLTIMOS CAMPEÕES DO NBB


Rivalidade crescente, duas finais de campeonato nacional, primeiro duelo entre os irmãos Machado na temporada de despedida de Marcelinho, dois times que ainda tentam buscar a melhor formação e um jogo em "quadra neutra". Os ingredientes para o confronto entre Bauru e Flamengo estão na mesa para o duelo desta quinta-feira, no ginásio Milton Olaio Filho, em São Carlos, às 20h, pela sétima semana do NBB 10.

Com quatro vitórias e uma derrota, o Fla ocupa o terceiro lugar e hoje estaria classificado diretamente às quartas de final do NBB. Já o Dragão tem cinco triunfos, mas já perdeu três vezes, ficando no quinto posto.

Este será o primeiro duelo dos Machado na temporada de despedida de Marcelinho. Também marca o primeiro encontro entre os irmãos com Duda no Bauru. O ala chegou para reforçar a equipe do interior paulista nesta temporada e tem média de 11 pontos anotados por partida.

– É sempre uma ocasião especial poder estar em quadra com meu irmão. Bauru e Flamengo são dois dos maiores times do basquete brasileiro, prova disso é que foram finalistas em duas das três últimas edições do NBB. Tenho certeza que será um duelo especial para nós, com cada um defendendo suas cores, mas, principalmente para o torcedor que vai acompanhar um confronto de alto nível com dois times que lutam sempre por títulos – comenta Duda.

O armador Kendall Anthony, que foi baixa por amigdalite nas últimas partidas, está confirmado para o duelo. O ala Isaac sofreu uma fratura no nariz contra Mogi, mas vai para o jogo de máscara. Já o pivô Maikão segue se recuperando de fratura no dedo e só volta em janeiro.

Crescendo na temporada


Após perder na estreia para o Paulistano, o Flamengo, que começou o NBB com certa desconfiança da torcida após ficar de fora das finais da Liga Sul-Americana, vai ganhando corpo e já soma quatro vitórias consecutivas: contra Campo Mourão, Caxias do Sul, Joinville e Minas Tênis Clube na última sexta-feira, em Belo Horizonte.

O time de José Neto vai ao interior paulista quase completo. O único desfalque é o norte-americano MJ Rhett. Uma vitória não tira o Fla do terceiro lugar, mas deixa o time mais próximo dos líderes Pinheiros e Mogi das Cruzes.

– Estou me sentindo muito bem. Tivemos um bom começo de campeonato, com quatro vitórias e uma derrota, mas temos que seguir buscando os resultados positivos. Perdemos só para o Paulistano e triunfamos duas vezes em casa e duas fora. Vencer é importante para atingirmos metas, porém, acredito que precisamos melhorar no aspecto do jogo, tanto na parte defensiva, como na ofensiva. Pouco a pouco, isso vai acontecer e, consequentemente, vamos crescer como equipe – disse Cubillán ao Garrafão Rubro-Negro.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.