POLÍCIA CIVIL IDENTIFICA SUSPEITO DE MATAR MOTORISTA DA UBER NA GRANDE NATAL

Giltemberg Gomes Soares, de 32 anos, foi visto pela última vez no dia 5 de setembro — Foto: Arquivo da família


A Polícia Civil já identificou um dos dois suspeitos de participar da morte do motorista da Uber Giltemberg Gomes Soares, 32 anos, e já pediu à Justiça um mandado de prisão. O corpo de Gil, como era mais conhecido, foi encontrado em avançado estado de decomposição no dia 18 deste mês em meio a um canavial no município de Arez, na região metropolitana de Natal. O motorista havia sido visto pela última vez com vida no dia 5. Segundo perícia, ele foi morto a tiros.

“Já identificamos um dos autores do crime e agora estamos trabalhando para identificar o segundo. Pode ser que exista um terceiro envolvido, mas ainda não conseguimos confirmar essa hipótese”, afirmou o delegado Wellington Gomes, titular da DP de Goianinha.

Responsável pelo inquérito que apura o desaparecimento e morte do motorista, o delegado também disse ao G1 acreditar que Giltemberg foi vítima de um roubo seguido de morte. “A princípio, estamos tratando o caso como latrocínio mesmo. Roubaram o carro dele, alguns pertences, e ainda levaram o equipamento de som do veículo”, explicou.

O caso

Giltemberg foi visto pela última vez com vida no dia 5 deste mês, quando saiu de casa, no município de São Gonçalo do Amarante, também na região metropolitana da capital, para atender a uma corrida. Contudo, segundo a Uber, essa corrida não foi solicitada pelo aplicativo.

Na manhã do dia 8, o carro de Giltemberg foi encontrado no bairro Conab, na cidade de Goianinha, que fica a pouco mais de 12 quilômetros de Arez. Os pneus dianteiros estavam furados, e alguns acessórios do veículo haviam sido levados, como o aparelho de som e os alto-falantes.

Já no dia 18, um cadáver foi encontrado em meio a um canavial na zona rural de Arez. A identificação do corpo, segundo a família do motorista, foi feita por causa de pinos de platina implantados na cabeça e na perna de Giltemberg em cirurgias que ele fez após um acidente.

G1 RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca