Baixista potiguar vai dividir palco do Rock in Rio com o ator e música Jack Black

Júnior Bass Groovador quer dividir palco com Jack Black no Rock in Rio — Foto: Arquivo Pessoal

“Estou super preparado para mostrar que o Rio Grande do Norte tem um baixista groovado energético”. José Edilson Firmino Silva Júnior, ou Júnior Bass Groovador, “o baixista dançarino”, diz que tá pronto para dividir o palco com o músico e ator californiano Jack Black no Rock in Rio.

Black usou o Twitter e o Instagram nesta quarta-feira (18) para dizer que quer conhecer o baixista potiguar. “Tenacious D está chegando ao Rio em 28 de setembro... Alguém, por favor, pode me colocar em contato com Júnior Bass Groovador?”, escreveu. A Tenacious D, banda dele, fará show no Palco Mundo do Rock in Rio.

Júnior tem um vídeo que viralizou na internet, em que ele toca uma versão em ritmo de forró do clássico “Smells Like Teen Spirit”, do Nirvana. O músico gosta de rock e resolveu fazer a brincadeira. A filmagem foi publicada por Jack Black junto com o pedido para que alguém localizasse Júnior Bass.

Após a postagem, o baixista dançarino começou a receber ligações de várias pessoas próximas, que queriam lhe parabenizar. “Eu estava dormindo, pensei até que era alguma coisa ruim, um acidente”, conta ainda surpreso.

Depois do susto, o músico respondeu à mensagem, se identificando, e agora aguarda retorno do artista hollywoodiano. Famoso pela comédia, Jack Black protagonizou filmes como “O Amor é Cego” e “As Viagens de Gulliver”, e dublou "Kung Fu Panda".

“Eu faço esse humor musical, ele faz também seu humor internacional. Acredito que estejamos entrosados para fazer esse duelo de humor musical”, brinca o baixista potiguar.

Júnior Bass Groovador tem vídeos postados no Youtube que atingiram milhões de visualizações. Irreverente, o baixista aparece sempre dançando e fazendo casas e bocas enquanto toca. Os views lhe renderam, inclusive, uma participação no programa Encontro, da Rede Globo, há três anos, quando ele se apresentou ao vivo.

Carreira

Júnior mora Zona Norte de Natal e há 19 anos tenta ganhar a vida como músico no Rio Grande do Norte. Ele tem 35 anos de idade e começou a tocar baixo na igreja do conjunto Santa Catarina. Há um ano trabalha como vigilante e atua como músico freelancer, tocando em alguns shows de bandas locais pontualmente.

“É difícil ser músico aqui na minha terra, principalmente pelo meu estilo, por eu também ser dançarino. As bandas não gostam, porque dizem que tira a atenção do cantor”, reclama.

O ator Jack Black promovendo 'Kung Fu Panda 2' em Cannes, em 2016 — Foto: AP

Após o post de Jack Black, o baixista agora vive a expectativa de poder tocar com a Tenacious D. “Espero fazer o meu groove alto astral e mostrar o Rio Grande do Norte, levar a bandeira do Rio Grande do Norte. Meu maior sonho é viver de música, fazer o que eu gosto. Seria um sonho tocar no Rock in Rio”.

G1RN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.