Governadores do Nordeste propõem taxar grandes fortunas


Da Rede Brasil Atual

Governadores dos estados do Nordeste afirmam, em carta, que defenderão propostas e projetos que tratem da “simplificação” de impostos, termo que tem sido empregado pelo governo federal. Mas exigirão também medidas de combate à regressão fiscal. Regressividade no sistema tributário é quando a política de formulação de impostos desconsidera o fator renda de quem paga os tributos. No caso do Brasil, o sistema de impostos afeta muito mais a renda dos mais pobres do que a dos mais ricos.


O documento foi elaborado pelo fórum dos governadores, que reuniu representantes dos nove estados da região em Natal, nesta segunda (16). As informações são de reportagem de Pedro Torres, do site Saiba Mais.

A anfitriã do encontro, governadora Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte,  enfatizou que uma reforma tributária “pra valer” não deve visar apenas a simplificar tributos, se o peso dos impostos continuar recaindo sobre os mais pobres. É preciso taxar as grandes fortunas. A proposta da 4ª Assembleia Geral do Consórcio Nordeste é de apoiar propostas e projetos que visem a promover uma reforma tributária ampla.


Os governadores defendem a simplificação dos tributos de acordo com a proposta construída pelos Secretários de Fazenda dos Estados com o Comitê dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz) e a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que trata da simplificação dos impostos e do combate à regressão fiscal.

(…)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.