Marido mata mulher a machadadas 'por ciúmes' em Taipu, diz Polícia Civil

Ieda Railene Nascimento Coutinho da Silva, de 28 anos, foi assassinada a golpes de machadadas no RN — Foto: Redes sociais

Um homem de 32 anos confessou ter matado a própria esposa a golpes de machado na manhã de domingo (1º) em Taipu - município distante cerca de 50 quilômetros de Natal. Ele foi preso em pela guarda municipal da cidade e disse que o motivo do crime teria sido ciúmes.
De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu por volta das 6h30 na casa onde estava o casal, na comunidade de Poço do Antônio. A vítima foi identificada como Ieda Railene Nascimento Coutinho da Silva, de 28 anos.

O homem, José Carlos de Lima Silva, ainda tentou fugir, mas foi detido em outra comunidade do município. Após a prisão, ele confessou o crime e afirmou que matou a mulher, com quem tinha um relacionamento de vários anos e dois filhos, por ciúme, após ver mensagens no celular da vítima.

Ele ainda afirmou à polícia que eles tinham se separado recentemente, mas haviam retomado o relacionamento e passaram a noite na casa.

Pela manhã, ainda de acordo com o relato do próprio suspeito, a vítima já estava acordada, quando ele partiu em direção a ela com um machado. De acordo com a Polícia Civil, Ieda ainda teria percebido a aproximação dele e tentado se defender, mas não conseguiu.

Segundo a polícia, os filhos do casal moram com os avós. José Carlos disse que conhecia Ieda desde que ela tinha 13 anos de idade.
O corpo da vítima foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia e ele segue detido. As investigações ficarão a cargo da Polícia Civil do município.


Com conteúdo G1RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca