Suíça despacha equipamentos para teleférico do santuário de Santa Cruz

Teleférico será utilizado por peregrinos e turistas que vão até a estátua de Santa Rita de Cássia, no município de Santa Cruz

O teleférico de Santa Cruz já está sendo embarcado da Suíça para Natal. O anúncio foi feito na manhã na terça-feira (10) pelo deputado estadual Tomba Farias (PSDB). A expectativa é que, até o próximo dia 15, o equipamento seja despachado para a capital potiguar. O transporte até o Rio Grande do Norte deve demorar 30 dias.
O prefeito de Santa Cruz, Ivanildo Ferreira, e o padre Vicente Fernandes, pároco da Igreja de Santa Rita de Cássia, viajaram para a cidade suíça de Zurique, de onde vão acompanhar os procedimentos de embarque das seis cabines (bondinhos), motores, roldanas e demais componentes do equipamento, que envolve cerca de 40 toneladas, distribuídas em vários contêineres.

“Essa é uma boa notícia para Santa Cruz e o turismo do Rio Grande do Norte”, comemora Tomba Farias, lembrando que o teleférico, que envolve um investimento de cerca de R$ 13 milhões, irá consolidar o turismo religioso de Santa Cruz, que atualmente, segundo o parlamentar, está entre os sete principais destinos religiosos do País, segundo o ranking dos destinos religiosos da CVC.
Tomba lembra que a inauguração do teleférico deverá ocorrer até o início de 2021.

A estátua de Santa Rita de Cássia está localizada nas proximidades da BR-226, no município de Santa Cruz, na região do Trairi potiguar. A imagem tem um resplendor de 8 metros, com o corpo da Santa em concreto de 42 metros, sobre um pedestal de 6 metros, totalizando 56 metros.
É a maior estátua católica do mundo, cuja estrutura é suportada por uma parede de concreto com apenas 8 cm de espessura em toda a sua extensão.

A construção foi iniciada em novembro de 2007 e custou mais de R$ 6 milhões. A inauguração do monumento foi em 26 de junho de 2010.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.