Tremor de terra é registrado no litoral do Rio Grande do Norte

Na imagem, a estrela vermelha indica o epicentro e a linha vermelha representa a Falha de SamambaiaImagem: LabSis UFRN

Na madrugada de hoje, o Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) registrou um terremoto no litoral potiguar.
O tremor de magnitude preliminar de 1,7 graus na escala Richter aconteceu às 3:14. O epicentro foi no mar, mas o abalo sísmico foi sentido na costa — principalmente na cidade de Touros.

De acordo com os pesquisadores, os tremores de terra na região podem ter relação com a Falha de Samambaia (indicada com a linha vermelha na imagem), maior falha geológica do Brasil.

Hoje, acredita-se que ela tenha cerca de 38 km de extensão e 4 km de largura, mas o laboratório considera a possibilidade de ela ser muito maior:

"Vários eventos têm ocorrido nessa região do litoral do Rio Grande do Norte suscitando uma questão, levando-se em conta os erros na determinação epicentral e que uma falha não é necessariamente uma linha reta: estarão esses eventos num prolongamento oceânico da Falha de Samambaia? Sendo verdade teríamos então uma falha de 140 km de extensão", concluem os pesquisadores.


Com conteúdo UOL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.