Guarda Municipal é morto a tiros na cidade de Areia Branca


Maximiliano Braz de Moura Croce de 41 anos de idade foi morto a tiros por voltas das 21h30min de ontem, 30 de abril, na Rua do Cais, próximo a Igreja Matriz, centro de Areia Branca.

"Max", como era conhecido, morava na Baixa da Maré e foi praticamente de jiu-jitsu e militante político. Era também servidor público efetivo e exercia o cargo de guarda municipal.

Segundo informação,  Maximiliano trafegava numa motocicleta e teria sido surpreendido pelos criminosos. Ele foi alvejado com cerca de cinco tiros e morreu numa calçada, a poucos metros de sua moto.

A policia não sabe a quem atribuir a autoria e motivação do crime.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.