Guarda Municipal é morto a tiros na cidade de Areia Branca


Maximiliano Braz de Moura Croce de 41 anos de idade foi morto a tiros por voltas das 21h30min de ontem, 30 de abril, na Rua do Cais, próximo a Igreja Matriz, centro de Areia Branca.

"Max", como era conhecido, morava na Baixa da Maré e foi praticamente de jiu-jitsu e militante político. Era também servidor público efetivo e exercia o cargo de guarda municipal.

Segundo informação,  Maximiliano trafegava numa motocicleta e teria sido surpreendido pelos criminosos. Ele foi alvejado com cerca de cinco tiros e morreu numa calçada, a poucos metros de sua moto.

A policia não sabe a quem atribuir a autoria e motivação do crime.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca