Rejeição ao governo Bolsonaro vai a 43% e bate recorde, diz Datafolha


 A rejeição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou ao seu maior patamar, mas as avaliações positivas sobre o governo mantiveram o nível de um mês atrás. É o que mostra pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (28), em uma indicação de aprofundamento de uma polarização política assimétrica.

Segundo o levantamento, realizado entre 25 e 26 de maio – depois, portanto, da divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril –, 43% dos brasileiros consideram a atual administração ruim ou péssima, o que corresponde a um salto de 5 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, de 27 de abril.

Por outro lado, as avaliações positivas do governo permanecem em 33%, ao passo que o grupo de eleitores que classificam a gestão como regular recuou de 26% para 22% no período. A pesquisa Datafolha ouviu 2.069 adultos de todas as regiões do país por telefone. A margem máxima de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

A radicalização de visões do eleitorado sobre o presidente aparece bem representado entre os mais ricos, com renda superior a dez salários mínimos. Segundo o levantamento, é neste grupo uma das maiores taxas de rejeição a Bolsonaro: 49%. Ao mesmo tempo, o nível de aprovação também supera a média neste recorte, com 42%. Apenas 8% dos mais ricos veem a gestão como regular.

A desaprovação do presidente hoje é maior entre o público com maior nível de escolaridade. De acordo com a pesquisa, 46% dos eleitores com curso superior têm avaliação negativa sobre o governo. Entre os eleitores com ensino fundamental, o número cai para 36%.

O vídeo da reunião ministerial foi assistido por 55% dos entrevistados. Neste grupo, a rejeição de Bolsonaro bate 53%. O grupo que acredita que o presidente nunca se comporta de forma adequada no cargo saltou de 28% para 37% de abril pra cá.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca