Acusado de comprar silêncio de delatora, ex-governador Robinson Faria vira réu


Na Crusoé, Luiz Vassallo informa que o ex-governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria, do PSD, virou réu sob a acusação de tentar comprar o silêncio de uma delatora que o citou em esquemas de desvios na Assembleia Legislativa.

A decisão que abriu a ação penal é do juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, da 6ª Vara Criminal de Natal.

A denúncia pela prática do crime de obstrução de Justiça foi oferecida em 2017 pela PGR.

Em 2019, após o ex-governador deixar o cargo e perder o foro privilegiado, o STJ enviou a acusação à primeira instância.

Robinson é pai do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que não está na lista de investigados.

O ex-governador foi um dos alvos da Operação Dama das Espadas, que mirou um suposto esquema de desvios de salários de funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, presidida por ele entre 2003 e 2010.

Com conteúdo O Antagonista

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.