Câmara aprova em 1º turno texto-base da PEC que adia eleições municipais


A Câmara dos Deputados aprovou, na tarde desta quarta-feira, 1º, em primeiro turno, por 402 votos favoráveis e 90 contrários, o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que adia as eleições municipais em razão da pandemia do novo coronavírus. Resta, ainda, a votação de destaques, que podem alterar a proposta. Por se tratar de uma PEC, a matéria precisa ser aprovada em dois turnos.

Com a aprovação, os dois turnos eleitorais, inicialmente previstos para os dias 4 e 25 de outubro, serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro. “A alteração do calendário eleitoral é medida necessária no atual contexto da emergência de saúde pública”, disse o relator, deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR). “Os novos prazos e datas são adequados e prestigiam os princípios democrático e republicano, ao garantir a manutenção das eleições sem alteração nos períodos dos mandatos”, acrescentou.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) foi analisada pela Câmara dos Deputados após aprovação no Senado. Se aprovado pela Câmara, o texto seguirá para promulgação do presidente Jair Bolsonaro.

Com conteúdo Veja

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca