[EXCLUSIVO] Entrevista com a pré-candidata a vereadora de Areia Branca, Elisângela Lemos



Com a confirmação das eleições para novembro deste ano, que até pouco tempo não sabíamos se estas seriam realmente realizadas, muitos candidatos começaram agora suas campanhas devido a triste situação em que se encontra o mundo que sofre pela pandemia do Corona Vírus. A pré-candidata à vereadora da cidade de Areia Branca Elisângela Lemos afirmou sua disputa à vaga na Câmara dos Vereadores do município. Em uma rápida entrevista Elisângela Lemos mostrou suas propostas de trabalho e um pouco de sua trajetória na vida pública.

REDAÇÃO: ELISÂNGELA, OS ELEITORES DE AREIA BRANCA QUEREM SABER, QUAIS SÃO AS SUAS PROPOSTAS DE TRABALHO?

- Minha proposta sempre foi a de igualdade, políticas públicas para as famílias, tirando as pessoas da ociosidade, fazendo com que as mesmas obtenham seus direitos, o zelo pela família, o não à violência doméstica, a empregabilidade, a prevenção na saúde. A minha bandeira sempre foi fazer com que a balança pesasse em igualdade, a minha luta segue para que os direitos do nosso povo não venham a ser violados. Luto pelo respeito! Que a juventude fique de mente aberta entendendo que o estudo ainda é a ponte de progresso, novos horizontes e dignidade.

REDAÇÃO: VOCÊ TEM SONHOS COMO PRÉ-CANDIDATA?

-Sou da comunicação, trabalhei em rádio por muitos anos, comunicar faz parte da minha vida, com isso surgiu o grande sonho de ser a voz do povo de Areia Branca, representá-los como cidadãos e continuar na busca de uma vida digna para os menos favorecidos. Meu sonho também é que um dia as nossas creches voltem a ter os berçários para que as mães areiabranquenses possam trabalhar com mais tranquilidade.

REDAÇÃO: ELISÂNGELA VOCÊ ESTÁ CONCORRENDO PELA SEGUNDA VEZ AO CARGO? CONTE-NOS UM POUCO DESSA TRAGETÓRIA POLÍTICA.

- Sim, em 2012 eu tive menos de um mês de campanha e obtive 59% dos votos com um total de 104 votos, ironia do destino, já que vivi a ditadura na época, quando decidir lutar pelas políticas públicas para nosso povo, na época a minha batalha era lutar pelos jovens e pelas famílias, lutava contra as drogas. 
- Em 2016 fiz um voto, Deus me ajudou e desistir...

REDAÇÃO: O QUE TE MOTIVOU A TENTAR NOVAMENTE ESSE CAMINHO NA POLÍTICA?

- Duas situações importantes me fizeram pensar em ser candidata, a primeira foi quando passei dias acompanhando minha irmã em um hospital, nessa experiência percebi que muitas pessoas que estavam doentes ali precisavam de ajuda, pois pareciam não conhecer seus direitos, a minha vida é servir e ajudar ao próximo, sempre fui assim e, naquele momento, com a partida da minha irmã, resolvi mais uma vez colocar meu nome a disposição para lutar por aquelas pessoas que precisam de ajuda, não apenas em momentos difíceis como aquele que pude vivenciar, mas em todas as situação que eu, como representante destes pudesse ajudar.
- A segunda situação que me motivou mais ainda foi quando eu já estava quase desistindo, até o momento que recebi a ligação da nossa prefeita Iraneide que com suas palavras me encheu de esperança e me lembrou de que eu tinha forças para entrar na batalha e fé para vencer. Para as próximas eleições estou cheia de fé, Vou colocar meu nome e meu trabalho à disposição para a população, sempre tive coragem, humildade para mim é sinônimo de poder, se colocar no lugar do outro é missão que chama. Que venham as eleições!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.