Fla vence Flu com gol no fim, evita sustos e conquista 36º título carioca


Flamengo segurou empate em 0 a 0 com o Fluminense e conquistou o título do Campeonato CariocaImagem: Thiago Ribeiro/AGIF


Com vitória magra e jogo controlado, Flamengo bateu o arquirrival tricolor e se sagrou campeão carioca com gol de Vitinho. Jorge Jesus, que pode está de saída do rubro-negro, foi ovacionado pelos jogadores e levantou o seu possível último troféu. Em jogo morno, o Flu levou mais perigo no primeiro tempo. Mas na etapa final, o Fla pouco sofreu e conseguiu abrir o placar já nos acréscimos. 

Em possível última partida do técnico Jorge Jesus, o rubro-negro entrou mais ligado e com seu modelo de jogo habitual. Linhas altas, muito toque de bola, penetrações e triangulações ofensivas. O Fla teve mais chances na primeira etapa, mas o Flu também levou perigo ao gol de Diego Alves. 

Na volta do segundo tempo o clima do jogo se manteve e os dois times não conseguiram criar nenhuma chance na segunda etapa. Apesar das alterações dos dois lados, pouco foi criado. O Fla pensando em segurar o resultado para erguer o troféu. Já nos acréscimos, Vitinho recebe sozinho e bate de fora da área,a  bola desvia na defesa e encobre Muriel. Fla abriu o placar e se sagrou campeão carioca de 2020. Mas a permanência de Jorge Jesus ainda é uma incógnita.

Os 90 minutos

O duelo começou muito disputado. Muitas faltas e divididas duras. O rubro-negro teve um início com mais pressão do que nas outras partidas. Com mais posse, a primeira chance foi do Fla. Arrascaeta achou Bruno Henrique, que cara a cara com Muriel tirou o goleiro e ficou sem ângulo, na sequência achou Pedro na área que bateu por cima. 

O Fluminense se fechava e tentava achar um contra-ataque por bolas alçadas na área. Em contra ataque, Nenê achou Marcos Paulo que também bateu por cima da meta. O tempo ia passando e o Flamengo ganhava mais espaço. Mas a chegada já aos 38 minutos foi do Fluminense. Evanilson carregou três marcadores e achou Marcos Paulo dentro da área. O jovem atacante ficou cara a cara com Diego Alves, mas bateu fraco de esquerda.

Já no fim do primeiro tempo, o meio campo do Flu deu espaço e Everton Ribeiro achou Pedro dentro da área, que cortou e bateu. Muriel se esticou e a bola passou rente a trave. Os últimos 45 minutos começaram com o mesmo ritmo da primeira etapa: morno. Filipe Luís sentiu uma lesão na panturrilha e Renê entrou. Os times continuavam sem muita criatividade e os dois técnicos resolveram dar novo fôlego aos ataques. 

Michael entrou no rubro-negro e os latinos Pacheco e Michel Araújo entraram para abrir o placar pelo tricolor. Apesar de não precisar do resultado, o Fla manteve a posse e tentava quebrar a barreira do Flu. Com a entrada de Ganso e Caio Paulista o Flu tentou pressionar o Fla, mas pouco foi efetivo. O fim do jogo foi muito parado, muita cera por parte do rubro-negro e nervosismo no lado tricolor.

 No fim da partida, Vitinho que entrou no fim da partida acertou um chute desviado que encobriu Muriel e saiu para a festa. O Fla se sagrava campeão carioca 2020.  

Bem Fica?

A final do Campeonato Carioca pode ter sido o último jogo de Jorge Jesus sob o comando do rubro-negro carioca. Segundo a emissora portuguesa SPORT TV, o treinador é esperado pelo Benfica já neste sábado (18/7) para assinar o contrato em Lisboa. Além da possível contratação do comandante, o clube europeu tenta levar o atacante Bruno Henrique e o meia Gerson. 

O treinador, muito identificado com o clube português, ainda não se pronunciou sobre a possível sondagem e viajará para Portugal para um período de descanso. Enquanto o Fla negou qualquer investida do clube europeu. Pelo Benfica, Jesus conquistou três campeonatos nacionais, uma Taça de Portugal, cinco Taças da Liga e duas Supertaças de Portugal. Comandou o clube entre 2009 e 2015.

Ficha técnica:

Flamengo: Diego Alves; Rafinha (Gustavo Henrique), Rodrigo Caio, Léo Pereira, Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Gerson (Diego), Arrascaeta, Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Pedro (Vitinho); 

Técnico: Jorge Jesus

Amarelos: Michael (47``)

Gol: Vitinho (49``)

Fluminense: Muriel; Gilberto (Michel Araújo), Nino, Ferraz, Egídio; Hudson, Yago (Caio Paulista), Dodi (Felippe Cardoso), Nenê, Marcos Paulo (Pacheco), Evanílson (Ganso) 

Técnico: Odair Hellmann

Amarelos: Evanilson (8`) 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.