Governo prorroga suspensão de aulas presenciais no RN até 14 de agosto

EETI Desembargador Silvério Soares (Foto: Divulgação)


O governo publicou em edição extra do Diário Oficial do Estado o decreto que prorroga a suspensão das aulas presenciais no Rio Grande do Norte até 14 de agosto. As aulas estão suspensas desde 18 de março por causa da pandemia do coronavírus.
Na terça-feira (30), a governadora Fátima Bezerra afirmou que a retomada das aulas presenciais "passa por uma série de medidas porque tem que se dar de maneira muito segura".

'Ainda não é tempo de normalidade', diz governadora sobre retomada do comércio

Em entrevista ao Bom Dia RN nesta quarta (1º), o secretário estadual de Educação, Getúlio Marques, afirmou que o ano letivo de 2020 no Rio Grande do Norte poderá ser concluído no ano que vem por causa da pandemia de Covid-19.
Segundo Getúlio, a proposta inicial que está sendo discutido é a recuperação do ano letivo por meio de ciclos, que se estenderiam até 2021, com o conteúdo do ano anterior. "O ano está comprometido, mas não está perdido. Provavelmente é o que vai acontecer, se não for assim aí é que vai ficar complicado porque o ano letivo de 2021 vai entrar em 2022", destaca.

Histórico da suspensão das aulas no RN

As aulas presenciais foram suspensas por 15 dias, a partir de 18 de março, por causa da pandemia. No início de abril o decreto foi renovado até o dia 23 daquele mês.
No dia 23 de maio foi publicado um novo decreto que prorrogou a suspensão das aulas presenciais até 31 de maio. No fim de maio, o governo estendeu a prorrogação até 6 de julho. Nesta terça (30) foi publicado o decreto prorrogando a suspensão das aulas até 14 de agosto.

Com conteúdo G1RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca