Ministros que estiveram com Bolsonaro correm para fazer teste



Os ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Jorge Oliveira (Secretaria Geral) decidiram hoje fazer testes de covid-19 na manhã que Bolsonaro anunciou estar infectado


07.jul.2020 (terça-feira) - 13h59

Ministros que estiveram com o presidente Jair Bolsonaro na última semana fazem teste para verificar se também estão contaminados pelo novo coronavírus, causador da covid-19. O presidente confirmou nesta 3ª feira (7.jul.2020) que foi diagnosticado com a doença.

Na última semana, Bolsonaro esteve com ao menos 57 pessoas, segundo a agenda do Planalto. Destas, 17 eram ministros; com 7 deles o encontro foi sem máscara.

Pelo menos 2 ministros decidiram hoje fazer testes de covid pela manhã de hoje: Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Jorge Oliveira (Secretaria Geral).

O ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Braga Netto fizeram nesta 2ª feira (6.jul.2020) e os resultados deram negativo.

Paulo Guedes, ministro da Economia, coletou material na semana passada e também deu negativo. No entanto, deve repetir o exame daqui a alguns dias.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse em nota oficial que se submeteu a 1 teste hoje. Ainda não saiu o resultado, mas “ele não apresenta sintomas”.

ENCONTROS COM MINISTROS

Ao menos 17 ministros estiveram com o presidente na semana anterior ao anúncio. Eis os que encontraram o Bolsonaro sem máscara:

Braga Netto (Casa Civil);

Ernesto Araújo (Relações Exteriores);

Fernando Azevedo e Silva (Defesa);

Jorge Antonio de Oliveira (Secretaria Geral);

Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo);

Paulo Guedes (Economia);

Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional).


Encontraram o presidente com máscara:

Antonio Paulo Vogel (interino da Educação);

André Mendonça (Justiça e Segurança Pública);

Augusto Heleno (GSI);

Fábio Faria (Comunicações);

José Levi (AGU);

Marcelo Álvaro Antônio (Turismo);

Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações);

Ricardo Salles (Meio Ambiente);

Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura);

Wagner Rosário (CGU).

Com conteúdo Poder360

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.