No retorno do Shooto Brasil, Victor Bulldoguinho vence por nocaute no primeiro round

Victor Bulldoguinho - Foto: Marcell Fernandes


Quatro meses após sua última edição, o Shooto Brasil realizou no domingo seu primeiro evento desde o início da pandemia do novo coronavírus, no Rio de Janeiro. Com um protocolo especial elaborado junto à Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) para prevenir contra o Covid-19, o card do Shooto Brasil Solidariedade teve 10 lutas.

O card contou com a luta de Victor Bulldoguinho, peso galo que é natural  de Areia Branca, no Rio Grande do Norte e teve atuação avassaladora nocauteando Wilherson Jackson aos 3m49s no assalto inicial.



O Shooto Brasil Solidariedade recebeu esse nome por conta de uma ação que consiste na arrecadação de cestas básicas para diversas comunidades carentes do Rio de Janeiro afetadas pela pandemia. A ação é liderada diretamente pelo presidente do Shooto Brasil, Dedé Pederneiras, que forneceu a conta do Instituto André Pederneiras para doações com a devida prestação de contas nos canais do Shooto.

Victor Bulldoguinho - Foto: Marcell Fernandes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca