Joe Biden anuncia senadora Kamala Harris como companheira de chapa

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou nesta terça-feira, 11, o nome da senadora Kamala Harris como sua companheira de chapa na eleição de novembro, na qual enfrentará o presidente Donald Trump. 

Se eleita, Harris, de 55 anos, será a primeira mulher negra a assumir o cargo. A decisão ocorre em meio à forte pressão para maior representatividade em cargos públicos e aos protestos contra desigualdade racial em todo o país, depois da morte de George Floyd, em Minneapolis. 

A senadora chegou a demonstrar certo apoio no início da disputa democrata para ver quem seria o candidato do partido à Presidência, mas encerrou sua campanha antes mesmo das primárias iniciais. Em maio ela expressou apoio a Joe Biden, apesar de debates acalorados entre os dois em eventos partidários. 

Agora, a ex-procuradora da Califórnia usará suas táticas de debate contra Trump e seu vice, Mike Pence. Ela irá debater com Pence em 7 de outubro em Salt Lake City, Utah.

Em uma publicação em sua conta no Twitter, o candidato democrata anunciou a decisão. 

“É com grande honra que anuncio ter escolhido @KamalaHarris  — uma lutadora destemida a favor dos mais fracos e uma das melhores servidores do país — como minha companheira de chapa”. 

A confirmação oficial será feita na convenção democrata que começa na próxima segunda-feira, 17, quando Biden também será formalmente nomeado como candidato do partido para enfrentar Trump.

Já testada dentro do campo político, a escolha tem objetivo de impulsionar os votos de afro-americanos, base mais leal do Partido Democrata, na eleição de 3 novembro. Harris foi a segunda mulher negra na história dos EUA a ser eleita ao Senado. Há quatro anos, a primeira queda no número de eleitores negros em 20 anos contribuiu para a derrota da democrata Hillary Clinton para Trump.

A presença da senadora deve impulsionar as chances do Partido Democrata em estados como Michigan, Pensilvânia e Wisconsin, onde Trump ganhou por uma pequena margem em 2016, mas agora as pesquisas de opinião colocam o republicano atrás. Os eleitores negros também são centrais para vitória na Geórgia e na Flórida, onde a disputa pode ser mais acirrada.

Biden serviu como vice-presidente durante os dois mandatos de Barack Obama, o primeiro presidente negro dos EUA.

A escolha de Harris como vice também tem uma representação especial para o Partido Democrata e para Biden nesta eleição, à medida que o candidato completará 78 anos em novembro. Se eleito, ele será a pessoa mais velha a chegar à Presidência. A idade também gerou especulações sobre a impossibilidade de um segundo mandato, tornando Harris uma possível candidata à Presidência em 2024.

Biden se comprometeu publicamente a escolher uma mulher como sua companheira de chapa em um debate em março, após discutir o assunto com sua esposa, Jill. Entre as possíveis escolhas estavam rivais na disputa democrata à indicação, incluindo as senadoras Amy Klobuchar e Elizabeth Warren.

Com conteúdo Veja

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.