New York Times publica a palavra ‘rachadinha’ pela 1ª vez na história


Nesta sexta-feira (28), pela primeira vez na história, o New York Times publicou a palavra ‘rachadinha’.

A informação é do robô @NYT_first_said, um projeto no Twitter que lê o jornal e detecta automaticamente a publicação de palavras inéditas.

A rachadinha aparece na reportagem ‘A Family Business:’ Graft Investigation Threatens Brazil’s Bolsonaro (‘Um Negócio de Família’: Investigação de Corrupção Ameaça Bolsonaro, do Brasil).

O primeiro parágrafo do texto, já convertido do real para o dólar, até dispensa tradução:

Brazil’s president, Jair Bolsonaro, was visiting a cathedral in the capital in recent days when a reporter threw out a question: President, why did your wife receive $16,000 from a former aide under investigation for corruption?

Mais adiante, o jornal explica aos leitores o que é a rachadinha, termo que aparece em itálico:

“Especialistas dizem que as evidências reveladas até agora no caso do ex-assessor, Fabrício Queiroz, sugerem que a família Bolsonaro participou de um esquema conhecido como rachadinha, comum no baixo clero da política no Brasil. Envolve desviar dinheiro do contribuinte por meio de funcionários-fantasmas na folha de pagamento ou contratando pessoas que concordam em devolver ao chefe parte do salário.”

Mais uma contribuição do Brasil para o léxico internacional. A última havia sido “mensalão”.


Com conteúdo O Antagonista

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.