Parte da bancada federal se manifesta contra desmonte da PETROBRAS no RN

Desde ontem à noite a confirmação do desmonte da Petrobras no Rio Grande do Norte caiu como uma bomba nos que pensam e se preocupam com o futuro do Rio Grande do Norte.

Alguns se manifestaram na primeira hora, outros ainda não…

Segue abaixo um pouco dessa repercussão na bancada federal do estado:

SENADOR Jean Paul Prates (PT)


"A atual gestão da PETROBRÁS acaba de colocar na praça o “teaser” (sic!) de venda de TODOS os ativos produtivos remanescentes da empresa no estado do Rio Grande do Norte, inclusive a Refinaria de Guamaré e os campos de Alto do Rodrigues e Canto do Amaro.

Como nos seus demais processos de venda em curso atualmente, a atual gestão da PETROBRAS contrata um banco estrangeiro como seu advisor (na verdade corretor) e remete os potenciais interessados a tratar exclusivamente com ele. Neste caso, o JPMorgan.

Desde o ano passado venho reiterada e publicamente alertando que este dia estava para chegar, e que a atual gestão da PETROBRAS está reduzindo a estatal brasileira a uma mera petroleira privada do RJ/SP, saindo de tudo mais e deixando de servir ao País.

Não podemos permitir que a PETROBRÁS venda tudo e saia do Rio Grande do Norte. Isso não é matéria ideológica ou de opinião, muito menos de “pagar pra ver” se o investimento privado dará conta dos seus atuais compromissos com a sociedade do RN.

A venda dos principais ativos da Petrobras nos estados está sendo feita sem NENHUMA tratativa com os governos estaduais ou a sociedade. Ao contrário: dissimulando, escamoteando, minimizando questões graves. Certamente dá motivo a reações proporcionais.

E ainda temos que ouvir os incautos hipnotizados (ou idiotas conscientes mesmo) que comemoram o “fim do monopólio” (que foi extinto em 1997) ou que empresa nunca fez nada pelo Brasil (sempre garantiu a atividade e o abastecimento de todo o território)."


DEPUTADO  Walter Alves (MDB)  


"Nesse momento, estou a caminho de Brasília. Vou solicitar audiência com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e direção da Petrobras para cobrar explicações sobre essa decisão nefasta para o Rio Grande do Norte.

Hora de união do Governo do Estado, bancada federal do RN, Assembleia Legislativa e sociedade para lutar pela permanência da Petrobras no estado.

É inadmissível e absurdo o desinvestimento e venda de ativos no Rio Grande do Norte anunciado pela direção da @petrobras. Não podemos aceitar!"


DEPUTADO Rafael Motta (PSB) 


"A Petrobras sempre cumpriu um papel muito importante no que diz respeito ao desenvolvimento regional, mas ainda que visasse apenas ao lucro, a Refinaria de Guamaré é estratégica para qualquer empresa.

Além das explicações que não foram dadas, queremos saber por que a Refinaria de Guamaré foi posta à venda, já que ela recebe hoje todo o petróleo do Estado, produz os derivados e garante à Petrobras a condição de principal vendedora dos produtos no mercado local.

Com a Petrobras fora do RN, vão embora também uma das maiores economias do Estado, milhares de empregos diretos e indiretos e a segurança em relação aos preços de produtos essenciais."


DEPUTADA Natália Bonavides (PT) 


"O anúncio da saída da Petrobras do RN é um ataque brutal contra o povo potiguar. A empresa, que é um patrimônio nacional, possui papel estratégico no desenvolvimento regional, com geração de empregos e riquezas para o estado. Lutaremos contra esse retrocesso!"


DEPUTADO BENS LEOCÁDIO (PTC)


"Com o anúncio da saída da Petrobras do Rio Grande do Norte, iremos somar esforços, independente de bandeiras, e lutarmos pela manutenção da empresa em nosso Estado."


Com conteúdo Tribuna do Norte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca