Decreto tem medidas restritivas para feriadão de 7 de setembro na Praia de Pipa


A prefeitura de Tibau do Sul, a 77 km de Natal, publicou nesta quinta-feira (3) decreto com medidas temporárias para combater o contágio de Covid-19 durante o feriadão da Independência, de sexta (4) a segunda-feira (7). O município conta com a Praia da Pipa, um dos principais destinos turísticos do país e que costuma receber um grande número de visitantes neste período.

O decreto define que o comércio em geral, bares, restaurantes, conveniências, mercados, supermercados, ambulantes e afins, deve funcionar até a 0h, com o objetivo de que não haja aglomerações nos espaços públicos após o horário estipulado. A recomendação é que as "pessoas se recolham em suas residências ou locais de hospedagem".

A publicação ainda explica que os estabelecimentos terão que fechar as portas à meia-noite, "não sendo permitido a entrada de pessoas após o referido horário", mas haverá a "tolerância de 60 minutos para que os usuários/clientes se retirem do local e haja o encerramento total das atividades pelos referidos estabelecimentos".

Outro ponto ressaltado no decreto é que continua proibido o consumo de bebidas alcoólicas nos espaços e vias públicas, praças e demais equipamentos urbanos públicos, "bem como a utilização equipamentos sonoros ou execução de instrumentos musicais, de qualquer espécie, em qualquer horário, nesses locais, sob pena de multa a apreensão de material, a fim de evitar aglomerações e o descumprimento do uso obrigatório de máscaras".

Durante o feriadão, a execução de música ambiente, ao vivo ou mecânica, nos bares, restaurantes, hotéis e demais espaços do gênero, também só é permitida até 0h, "com a frequência máxima de 55dB (decibéis), sem aglomerações de pessoas, nem público em pé, respeitando sempre o distanciamento 1,5m (um metro e meio)".

Também foram estabelecidos os valores das multas para aqueles que descumprirem o decreto: R$ 300 para pessoas físicas e de até R$ 3.000 para as pessoas jurídicas. As infrações poderão ser constatadas "através de registro fotográfico, com aplicativo que registra data, hora e coordenadas, pelas autoridades competentes, com o apoio dos servidores públicos municipais".

Orientação aos turistas

A prefeitura de Tibau do Sul vai instalar barreiras sanitárias educativas na Praia de Pipa, com o objetivo de conscientizar a população e os visitantes. A iniciativa tem o apoio da vigilância sanitária e da Polícia Militar. O Movimento Preserve Pipa, iniciativa dos integrantes da Associação de Hoteleiros de Tibau do Sul e Pipa (ASHTEP) e do Pipa Convention & Visitors Bureau, que abraça a causa ecológica e ajuda na preservação do meio ambiente, também vai integrar as ações de orientação aos turistas sobre os protocolos de segurança no feriadão de 7 de setembro.


Com conteúdo G1RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca