Senador aliado de Bolsonaro morre vítima de complicações de Covid-19


O senador Arolde de Oliveira (PSD), um dos aliados de Jair Bolsonaro no Rio, morreu na noite desta quarta-feira, vítima de complicações geradas pelo coronavírus. A presidência do Senado foi informada por familiares do parlamentar há pouco sobre a notícia.

Nas redes, o perfil oficial do senador foi atualizado pela assessoria do parlamentar: “Comunicamos que nesta noite (dia 21 de outubro) o Senhor Jesus recolheu para si nosso amado irmão, Senador Arolde de Oliveira. Falecido vítima de Covid e como consequência a falência dos órgãos A família agradece o carinho e orações. Mais informações à posteriori”.

Oliveira tinha 83 anos e foi deputado federal por 9 legislaturas. Sua eleição, numa campanha em dobradinha com Flávio Bolsonaro, veio na esteira da onda bolsonarista. Derrotou dois outros favoritos no páreo: o ex-prefeito do Rio e vereador César Maia e o petista Lindbergh Farias.

Ele estava internado desde o dia 5 de outubro.

Seu primeiro suplente, que deve assumir o mandato, é o advogado Portinho, de 46 anos


Com conteúdo Veja

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca