SP endurece quarentena no Natal e fecha praias no réveillon; veja restrições

Divisa das praias de Santos e São Vicente na Baixada Santista (Foto: Reprodução)

A partir desta terça-feira (21), todas as regiões do Estado de SP voltam à fase amarela da quarentena (que limita o período de funcionamento de diversas atividades) e, durante os dias 25, 26, 27 de dezembro e 1, 2 e 3 de janeiro, todo o Estado seguirá as regras da fase vermelha, a mais restritiva de todas – que permite o funcionamento apenas de comércios essenciais, como supermercados, padaria e farmácias. Nesses dias, bares e restaurantes não poderão funcionar nesse período.

A decisão, segundo o Palácio dos Bandeirantes, segue as recomendações do Centro de Contingenciamento da Covid-19, que se reuniu na manhã desta terça-feira (21) no Instituto Butantan.

Na coletiva de imprensa após a reunião, o Estado de São Paulo também anunciou que a região de Presidente Prudente, no noroeste do estado, regredirá à fase vermelha já nesta terça (21) por já estar com 83% dos leitos de ocupados, e assim permanecerá até a próxima atualização das restrições. Apenas na cidade de Prudente, 73 pessoas estão hospitalizadas com covid-19 e, com o aumento expressivo de casos, devem faltar leitos de UTI.

Em janeiro, ainda que haja números positivos, nenhuma região do Estado deve ir para a fase verde, uma das mais brandas. No dia 6/1, o Centro de Contingência deve se reunir com os novos prefeitos, empossados no primeiro dia do ano, para apresentar o Plano São Paulo. Uma nova atualização do Plano São Paulo deve ser divulgada no dia 7/1.

Nós não temos ainda o que comemorar. Estamos no meio de uma pandemia. Visando conter a circulação maior de pessoas e, com elas, o vírus, essas medidas foram tomadas com objetivo de preservar vidas e também o nosso sistema de saúde – que está sendo expandido, mas tem um limite.

Jean Gorinchteyn, Secretário Estadual de Saúde de SP

Para evitar o tradicional “bate e volta” de turistas, as restrições do período de fim de ano também incluirão barreiras sanitárias nos acessos às cidades litorâneas do estado, com medição de temperatura dos visitantes – testes negativos de covid e comprovante de residência, entretanto, não serão exigidos. A orla das praias, pelo menos nas principais cidades do litoral, será bloqueada na noite do dia 31, evitando aglomerações nas areias e calçadões. Nesta segunda (20), Doria já havia anunciado um reforço de quase 3 mil policiais nos municípios dos litorais norte e sul do estado.

Uma nova atualização do Plano São Paulo deve ser divulgada no dia 7/1.

As novas restrições que valerão para o período de Natal e Ano Novo no Estado de SP:

Praias das principais cidades do litoral serão fechadas na noite do dia 31/12

Barreiras sanitárias serão instaladas nas entradas das cidades litorâneas

A região de Presidente Prudente entra na fase vermelha já a partir desta terça (21)


Com conteúdo Exame

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.