Bolsonarista Irmão Lázaro morre de covid após dizer que quem pega a doença “é do diabo”


Irmão Lázaro (PL), vereador em Salvador, ex-deputado federal, morreu na noite desta sexta, 19, vítima da covid-19. Ele estava intubado após dar entrada no hospital em 25 de fevereiro.

Ex-integrante da banda Olodum, migrou para a música gospel após se converter. Era bolsonarista fanático e, como tal, negava a gravidade da pandemia.

Dias antes de ser internado, fez ump culto em uma igreja lotada de Feira de Santana e garantiu aos fieis que crentes não pegavam covid-19. Quem pega “é do diabo”, disse.

Em 2018, Irmão Lázaro defendeu, em discurso durante ato pró-Bolsonaro no Farol da Barra, que homossexuais fossem “olhados como gente”, mas que não se podia “exaltar as minorias”(vídeo no fim do artigo).

‌A informação de sua morte foi confirmada pela filha nas redes sociais. 

“Hoje a pessoa mais importante da minha vida se foi, o homem que eu mais amei e continuarei amando o resto da vida!!”, anunciou a filha do político e artista gospel.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.