Líder do governo e seu filho receberam R$ 10,4 mi em propina, conclui PF


A Polícia Federal finalizou o inquérito que mirou o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, e o filho dele, o deputado Fernando Bezerra de Souza Coelho Filho, informam Luiz Vassallo e Ana Viriato na Crusoé.

Os investigadores concluíram que os dois receberam R$ 10,443 milhões em propina de três empreiteiras como contrapartida à execução de obras entre 2012 e 2014, na época em que o líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado era ministro da Integração da gestão Dilma Rousseff. Ambos negam a acusação.

O relatório final sobre a Operação Desintegração foi encaminhado ao STF. Luís Roberto Barroso remeteu o caso à PGR, que decidirá se denuncia Fernando Bezerra e o filho ou se arquiva o processo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.