Ale Du Black lança novo single “NÃO SE ENVOLVE” junto com Ravia; confira videoclipe


“NAO SE ENVOLVE” é a parceria de Ale Du Black com Ravia. Que estão crescendo gradativamente na cena do Rap no Rio Grande do Norte, a parceria também conta com a produção musical de AlefBeatz e jovem cuca. produtores de nome na cena do Rap RN. A Faixa é um Moombahton/trap com muitas referências do Ragga/DanceHall e música latina com versos fortes e empoderado e que neste dia 20/08 ganhou videoclipe dançante. O material audiovisual foi gravado na casa de Ale onde os Diretores tornou a mesma numa grande “Festinha Americana” dos anos 2000. 

A cantora Ravia chega com versos exaltando a praia de ponta negra e enfatizando que as mina são quente como o Nordeste, com linhas bem elaboradas como “fui do Rap direto pra outro Ritmo, não me perdi no caminho, sei bem onde ou tô, sei pra onde ir, não esqueço quem sou” 

Ale Du black chega chega mais densa em seus versos enfatizando que: minha conta eu mesma pago, se você tem intenções de só me levar para cama, talvez eu também esteja com as mesmas intenções em você, ale diz que:

“peguei muitas referências de outras músicas dos caras do trap que são totalmente machista, sempre estão enfatizando que as mulheres vão brotar na base deles, que vão pagar bebida, que mulheres são interesseiras, então o meu verso é inspirado em várias respostas que eu daria para eles, mas é sem treta no pessoal, porém… acho importante contestar essas ideias tortas nas músicas” 

A produção conta com a direção de VETO e YAGO que também idealizou todo o visual do videoclipe em parceria com a Demez clolthing que traz uma imagética inspirado no filme: garotas malvadas, no mundo bratz e toda uma estética fazendo uma viagem ao tempo nos anos 2000 que dá vida aos versos compostos pelas rappers.

A Rapper nordestina fez questão de mostrar sua versatilidade dando spoiler do seu EP de estreia na primeira edição do festival on line “CENAS DA PERIFERIA” Ale canta e encanta sobre o poder da travesti nordestina e o orgulho de sentir-se uma bixa cangaçeira e com “sangue no zói” 

“Faço questão de assumir essa persona, cresci em areia branca, litoral do Rio Grande do Norte, conhecida como cidade do Sal, lá é muito forte a História de lampião e Maria bonita e sua passagem pela cidade vizinha (Mossoró). Desde criança eu me apaixonei pela história do cangaço, mas sentia que as mulheres eram invisibilizavas, foi quando decidi pesquisar mais sobre as mulheres do cangaço confesso que me apaixonei, então criei os meus próprios diálogos e minha história em cima disso, sempre falo que para onde eu for, eu carrego o meu cangaço de bixas”

Link do single  “NAO SE ENVOLVE” nas plataformas digitais:  https://ffm.to/lvk0vbx




Com conteúdo Polifonia Periférica

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.