Governo do RN destina R$ 13 milhões de renúncia fiscal à cultura; valor é o maior registrado em 21 anos

Governo do RN destina R$ 13 milhões de renúncia fiscal à cultura; valor é o maior registrado em 21 anos. — Foto: Sandro Menezes

O Governo do Rio Grande do Norte publicou, na edição desta quinta-feira (12) do Diário Oficial, que o valor de renúncia fiscal de ICMS para a cultura em 2021 será de R$ 13,2 milhões. O valor é o maior já proposto durante os 21 anos do Programa Estadual de Incentivo à Cultura, denominado Lei Câmara Cascudo.

O setor cultural foi um dos mais prejudicados durante o período pandêmico da Covid-19.

O titular da pasta estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, ressaltou que, além do aumento da renúncia, o Governo do RN, por meio da Secretaria de Tributação e da Fundação José Augusto, tem trabalhado em diversos eventos junto à classe empresarial para aumentar e incentivar o patrocínio aos projetos culturais inscritos na Lei Câmara Cascudo. “Esse ano já havíamos aumentado a renúncia para R$ 8 milhões e, agora, representa o dobro dos pouco mais de R$ 6 milhões de anos anteriores, sem prejudicar nenhum projeto inscrito no Programa”, ressaltou.

Ainda de acordo com o secretário, o atual valor de R$ 13,2 milhões, além de compensar os demais projetos inscritos na Lei este ano, também será estabelecido como parâmetro da renúncia para os próximos anos. “São ações promovidas em período de crise econômica e sanitária, mas que visam mitigar os efeitos provocados pela Covid-19 e incentivar a classe cultural daqui para frente. Investir em cultura é apostar em toda uma cadeia produtiva que movimenta a economia do nosso Estado”, complementou o secretário da SET.

A Lei Câmara Cascudo consiste na renúncia fiscal de ICMS por parte do Estado para que o valor correspondente à contribuição seja revertido aos projetos culturais inscritos e aprovados pela Comissão do Programa, constituído de representantes da classe artística eleitos. A operacionalização do programa é realizada pela Fundação José Augusto.


Com conteúdo G1RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca