Nova pesquisa: Lula lá e no primeiro turno


Mesmo com a nova pesquisa da Quaest Consultoria (encomendada pela Genial Investimentos) mostrando a avaliação do governo Bolsonaro estabilizando, é o ex-presidente Lula que continua sua escalada na qual revela ser o mais competitivo dos candidatos postos até aqui na corrida eleitoral para a presidência em 2022.

Hoje, Bolsonaro encontra apenas 29% de brasileiros que avaliam o seu governo como positivo. Além disso, o presidente está em segundo lugar nas intenções de voto, atrás do ex-presidente petista, que lidera em todos os seis cenários de primeiro turno apresentados aos entrevistados. 

Mais do que isso: como mostrou VEJA nesta quarta-feira, 4, em todos eles Lula atinge um percentual igual à soma das intenções de voto dos outros pré-candidatos. Essa situação é aquela na qual o petista poderia vencer no primeiro turno caso a eleição fosse realizada hoje.  

A avaliação do cientista político Felipe Nunes, diretor da Quaest, de que o petista atingiu o teto deve ser levada em conta. Mas Lula já mostrou ser capaz de mudar cenários políticos dos mais diversos. Se a política é como nuvem – uma hora se olha e está de um jeito, outra hora se olha está de outro -, o quadro hoje é bem claro: 

Lula vai trilhando uma um caminho sólido para ganhar o terceiro mandato;

Bolsonaro vem sofrendo muito nos últimos tempos e pode sofrer uma derrota acachapante;

Tudo pode mudar, outros candidatos podem surgir, mas no cenário considerado mais provável até agora, segundo a pesquisa, Lula tem 44%, Bolsonaro 29%, Ciro Gomes 10% e João Doria 5%. Ou seja, há um empate entre o petista e todos os rivais somados. 

Portanto, não é exagero dizer que, na foto de hoje – ou com as nuvens que se formaram no atual momento – que o Lula lá deve acontecer. E no primeiro turno.


Com conteúdo Veja

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.