Expofruit terá transmissão ao vivo pelo Novo Portal na internet


A Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada (Expofruit), principal evento de fruticultura do país, começa nesta quarta-feira (24) em Mossoró e pretende atrair 15 mil pessoas. O evento, que busca reunir toda a cadeia produtiva do setor no Brasil, acontece até sexta-feira (26) na Estação das Artes, das 18h às 23h.

O tema deste ano é “Valorizando as Oportunidades da Fruticultura”.

Os destaques da programação serão as novidades do setor em relação a insumos e tecnologias e a abertura do mercado chinês para a exportação do melão da região. A feira deve movimentar R$ 60 milhões.

“Nossa expectativa é muito boa, pois com dois anos sem realizar a feira, esperamos receber um grande público. Teremos importadores visitando as fazendas da região, fornecedores nacionais e internacionais num ambiente amplo e cheio de novidades", explicou Fábio Queiroga, presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do RN (COEX), que organiza a feira.

"Como estamos em plena safra, esse é o período atual para avaliar o atual cenário, fortalecer relacionamentos e prospectar negócios futuros”.

Segundo a organização, o evento seguirá os protocolos de segurança exigidos governo do RN para evitar a disseminação da Covid e exigirá a apresentação do comprovante de vacinação contra a doença.

Todas as medidas apresentadas foram aprovadas pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e estão alinhadas com as exigências e determinações dos decretos estaduais e municipais.

Programação científica

A programação científica ocorrerá dentro do Seminário Internacional da Expofruit 2021 e será realizada na Universidade Federal do Semiárido (Ufersa).

O evento será transmitido ao vivo pelo canal do Novo Portal no YouTube 

Na quinta-feira, ocorre o Fórum da Fruticultura, que terá duas palestras, sendo a primeira sobre o estudo da fruticultura e a segunda sobre estratégias comerciais para fruticultura entre Brasil e China, com participação on-line da Consulesa Geral da China, Yan Yuqing.

Os temas serão seguidos por mesas redondas com a participação da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), COEX, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a SAPE e o Sebrae/RN e representantes de diversos municípios potiguares.

No último dia da Expofruit será realizado o seminário sobre frutas para o Nordeste e o fórum de cooperativismo. O primeiro mostrará as pesquisas em torno dos cultivos da pitaya, morango, maracujá e uva na Ufersa e será finalizado com uma visita à Fazenda Experimental da Ufersa.

Já o segundo reunirá os produtores de agricultura familiar e debaterá a Importância dos mercados institucionais para a agricultura familiar.

Por meio de uma parceria com uma instituição espanhola, a Extenda, serão promovidas apresentações virtuais com diversos especialistas de empresas globais ligadas à fruticultura com temas como: Transformação Digital na Produção Alimentar, Chaves para escolher um sistema de filtração, Fertirrigação no cultivo de frutas tropicais, entre outros.

Cinegrafista Genilson Fernandes do Novo Portal 

O momento possibilitará que os interessados acompanhem a programação mesmo não estando presencialmente no evento através do Canal no YouTube Novo Portal

A programação ainda contará com cursos, oficinas e painéis com várias temáticas ligadas à fruticultura. As inscrições para os eventos estão abertas no site www.expofruit.com.br.

Feira expõe produtos e serviços

A exposição de produtos e serviços ligados à cadeia produtiva da fruticultura acontece durante o período do evento.

“Tivemos um incremento na procura de estandes em cerca de 30% e, por isso, ampliamos a área da feira e haverá a presença de diversas empresas nacionais e internacionais de toda a cadeia produtiva do setor como: fábricas de polpas de frutas, distribuidoras de sementes e insumos agrícolas, de pesquisas e tecnologia para o campo, produtos para irrigação, embalagens, entre outras”, afirmou João Manoel, diretor comercial da Expofruit.

Segundo a organização, os estandes vão manter distanciamento e haverá limite de público para evitar a aglomeração. Haverá ainda totens de álcool em gel espalhados pelo local.

As rodadas de negócio organizadas pelo Sebrae/RN serão quinta-feira (25) à tarde e terá uma aproximação comercial entre pequenos produtores e compradores (atacadistas e varejistas). Haverá também uma apresentação das empresas âncoras.

Expofruit

Considerada o evento de fruticultura tropical irrigada mais importante do Brasil, a Expofruit conquistou a atenção de grandes investidores. A feira tem como objetivo o apoio ao setor frutícola potiguar, garantindo a participação de produtores de todo o estado em um evento que viabilize a comercialização da produção e promova novos negócios, inclusive exportações.



Com conteúdo G1RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca