Bolsonarista antivacina morre de covid-19 no interior do RN

Edson Campos, o Neném, era filiado ao Partido Social Cristão (PSC), trabalhava com marketing multinível e durante a pandemia fazia campanha contra a vacinação

Foto reprodução: Facebook 

Agência Saiba Mais - O currais-novense Edson Faustino Campos, de 37 anos, conhecido também como Neném, seguia a cartilha do bolsonarismo e morreu de covid-19 nesta segunda-feira (27) sem ter se vacinado contra a doença. Ele estava internado no Hospital Regional Mariano Coelho, em Currais Novos, e não apresentava comorbidades.

Edson era filiado ao Partido Social Cristão (PSC) e chegou a se candidatar a vereador em 2020, recebendo apenas 9 votos no pleito. Trabalhava com marketing multinível e durante a pandemia fazia campanha contra a vacinação, apesar de não haver muitas publicações que abordem diretamente do tema em suas redes sociais.

Em janeiro deste ano, compartilhou um vídeo em que o músico Tico Santa Cruz faz sátira com as fake news disseminadas pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a vacinação. O rockeiro diz que as pessoas vacinadas apresentaram descamação nos pés em decorrência de um chip em forma de plasma injetado para que a população seja controlada por uma inteligência alienígena. Edson diz que se trata de uma “mensagem subliminar que alerta contra a NOVA ORDEM MUNDIAL, também cita os Iluminatis, a pirâmide do sistema, assim como também a REDUÇÃO DA POPULAÇÃO EM MASSA e o controle total dos povos através de um só LÍDER MUNDIAL”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca