RN REGISTRA REDUÇÃO DE 20% NOS HOMICÍDIOS DURANTE O PERÍODO DE CARNAVAL

Em Mossoró, peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) também trabalharam bastante: 5 pessoas foram assassinadas nestes dias de carnaval (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)

Pelo menos 40 pessoas foram assassinadas no Rio Grande do Norte durante o período de carnaval. Segundo o Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza os crimes contra a vida no estado – os homicídios foram registrados entre a sexta (9) e a noite da quarta-feira de cinzas (14). A Secretaria de Segurança Pública (Sesed), no entanto, diz que foram 39 mortes. No ano passado, também no período de carnaval, foram 50 homicídios. Neste caso, o instituto e a secretaria não divergem. Em todo caso, a redução ficou entorno de 20%.

Cidades onde os homicídios foram registrados segundo o OBVIO:

Natal: 9
Mossoró: 5
Macaíba: 5
São Gonçalo do Amarante: 2
Ceará-Mirim: 2
Extremoz: 1
Assu: 1
Parnamirim: 1
Monte Alegre: 1
Caicó: 1
Tibau do Sul: 1
Macau: 1
João Dias: 1
Nísia Floresta: 1
Itaú: 1
Bom Jesus: 1
Luis Gomes: 1
Tibau: 1
Goianinha: 1
Lagoa D'anta: 1
Santo Antônio: 1
Vera Cruz: 1

A Sesed não divulgou os locais dos homicídios.

Ainda de acordo com os dados do OBVIO, somente em janeiro e nestas primeiras semanas de fevereiro, 319 pessoas foram mortas no estado, o que representa um crescimento de 5,6% em comparação ao mesmo período de 2017.

"Mas, para termos uma percepção ainda melhor da evolução dos homicídios, se compararmos a quantidade de mortos de janeiro e fevereiro deste ano com a quantidade de mortos de janeiro e fevereiro de 2015, ano que começamos a analisar os homicídios no estado, veremos que o crescimento da violência de 49,1%", ressalta Ivenio Hermes, coordenador do instituto.

"Além disso, a média diária de homicídios no estado está acima de 7, o que não se apresenta como um bom prognóstico".

G1 RN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca