SUSPEITO DE GOLPEAR PROFESSORA COM FACADAS E TESOURADAS EM MOSSORÓ SE APRESENTA À POLÍCIA


Suspeito confessou crime e teve prisão preventiva decretada (Foto: Wilton Alves/Mossoró 190) 

O homem suspeito de golpear a própria mulher com facadas e tesouradas em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar, no último domingo (25), se apresentou na Delegacia Especial da Defesa da Mulher do município nesta terça-feira (27).

De acordo com a delegada Cristiane Magalhães, o suspeito identicado como Genildo Duarte se apresentou na companhia de um advogado por volta das 13h, confessou o crime e depois foi encaminhado para fazer o exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Ainda segundo Cristiane Magalhães, Genildo teve prisão preventiva decretada e vai ficar preso na Cadeia Pública de Mossoró em uma cela especial, por ser graduado em direito e geografia. Além disso, o homem contou que no dia anterior ao crime tinha consumido bebida alcoólica com a professora.

"Ele disse que teve uma discussão com a ex-companheira e beberam durante toda a noite, e que não se recorda de muita coisa. Lembra apenas que efetuou algumas tesouradas, mas negou ter usado faca. E depois se evadiu", completa a delegada.

Uma professora foi ferida por vários golpes de tesoura e faca no último domingo (25) em Mossoró. Vizinhos da mulher disseram à polícia que a tentativa de homicídio foi cometida pelo marido da vítima, um servidor municipal.

De acordo com a PM, após ferir a mulher, o homem trancou a porta do apartamento onde ela morava, no bairro Nova Betânia, e depois fugiu. O carro do suspeito foi encontrado horas depois no bairro Abolição III.

Ao ouvir os gritos da professora, os vizinhos chamaram a polícia. O Samu levou a vítima para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde ela permanece internada.

G1 RN


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.