FURNAS FECHA CONTRATO COM NORDEX-ACCIONA PARA COMPLEXO EÓLICO DE SUBSIDIÁRIA



SÃO PAULO (Reuters) - A Brasil Ventos, subsidiária de Furnas, empresa da elétrica Eletrobras, fechou contrato com a empresa germânico-espanhola Nordex-Acciona para a fabricação, entrega e montagem de turbinas para o Complexo Eólico de Fortim, no Ceará, informou a Furnas em nota à Reuters.

A Nordex-Acciona venceu o contrato após apresentar menor preço em uma concorrência pública aberta no início deste ano para fornecer os equipamentos para o parque, que terá uma potência instalada de 123 MW e deverá iniciar a operação comercial em 1º de novembro de 2019.

O contrato de 450 milhões de reais terá duração de cinco anos e prevê a fabricação, fornecimento, teste, transporte, seguros, montagem, supervisão de montagem e comissionamento de aerogeradores e sistemas associados, além de operação e manutenção.

Os projetos do complexo Fortim tiveram a produção vendida antecipadamente por Furnas em um leilão promovido pelo governo brasileiro em 2011 e precisariam iniciar a operação em 2016, pelo cronograma original.

O empreendimento iria contratar as turbinas eólicas junto à argentina Impsa, mas o negócio precisou ser revisto após a fornecedora entrar em recuperação judicial.

(Por Marta Nogueira)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca