TRAGÉDIA DE BRUMADINHO VS FLEXIBILIZAÇÃO DAS LICENÇAS AMBIENTAIS

Instituto Inhotim, na cidade de Brumadinho (MG). O espaço é o maior centro de artes a céu aberto da América Latina e atrai visitantes do Brasil e do mundo

Da Redação Novo Portal
Por Aldo Almeida

Durante uma formação no CTMDT da Igreja Batista Alagoinha em MG, tive a oportunidade de conhecer um casal de  Brumadinho, e me recordo do quanto eles falavam das belezas naturais da sua cidade. Lagos, cachoeiras e muito, muito verde por toda parte. Essa era a recomendação que tinha deste belo lugar até ontem, dia (25), quando me deparei com as notícias da tragédia humana causada pelo rompimento de uma barragem da mineradora Vale.


Infelizmente, o que ocorreu em Brumadinho e Mariana, não foram apenas  acidentes, mas, tragédias frutos do descaso dos governos  que afrouxam os  licenciamentos ambientais para atender os lobbies do agronegócio e da indústria.

O atual ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles defende a flexibilização das licenciamentos ambientais. Existe uma vacina contra desastres ambientais e ela está prevista na Constituição. É o licenciamento ambiental. As tragédias de Mariana e Brumadinho mostraram ao país para que ela serve: dar segurança a população, ao entorno e ao empreendedor.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.