Jornalista que fez comentários misóginos contra Greta Thunberg é demitido


Acusações fizeram patrocinadores romperem contrato com a emissora, que demitiu o jornalista após ele dizer que a ativista sueca precisava de sexo

Reprodução
Por Gil Luiz Mendes
‌ ‌ ‌
Devido a pressão das redes sociais e saída de patrocinadores, a rádio 96FM, de Natal (RN), decidiu demitir o jornalista Gustavo Negreiros, que fez ataques misóginos contra a ativista sueca Greta Thunberg, de 16 anos. Segundo o radialista, a jovem, que é autista, é “histérica”, “mal amada” e  precisa “de um homem e de sexo”.

O vídeo onde Negreiros aparece fazendo as ofensas viralizou e fez com que patrocinadores da emissora rompessem o contrato com o programa que Negreiros apresentava diariamente ao meio-dia.

Fora da rádio, Gustavo Negreiros mantém um blog e apresenta um programa na TV. O jornalista, que é apoiador de Jair Bolsonaro, usa esses espaços para agredir pessoas de esquerda, políticos e militantes do PT.

“O jornalista foi afastado imediatamente. Só veio hoje à emissora para se desculpar no ar”, informou nas redes sociais Giovanna Sinedino, uma das sócias da rádio 96FM.

Via Revista Fórum

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca