Óleo chega a duas praias da Costa Branca potiguar

Pequenas manchas de óleo apareceram na Costa Branca potiguar — Foto: Misael Alcantara

Pequenas manchas de óleo apareceram na Costa Branca potiguar na manhã desta quinta-feira (24). A substância foi vista na praia da cidade de Grossos e também na Praia de Gado Bravo, no município de Tibau. Desde o começo dos registros no litoral potiguar, a região ainda não tinha sido atingida pelo óleo.

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) diz que aparição das novas marcas de óleo são preocupantes. O Idema afirma que vai iniciar um monitoramento na área, pois, apesar de ainda serem de pequenas manchas, o Instituto teme que a situação possa se agravar, aumentando o volume.

Há poucos dias, manchas de pequena proporção também apareceram no município cearense de Icapuí, que faz divisa com Tibau. Na cidade potiguar, o óleo foi visualizado por moradores, durante a maré baixa.

Ainda de acordo com o Idema, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) havia alertado no início da semana para a mudança na direção dos ventos, que começaram a soprar para o norte e poderiam deslocar as substâncias no mar. Os novos registro no litoral Norte do estado podem ser um indício desse alerta.

Manchas de óleo que apareceram na Costa Branca potiguar preocupam o Idema — Foto: Misael Alcantara

As manchas de petróleo em praias do Nordeste já atingiram 225 localidades em 80 municípios de 9 estados desde o final de agosto. Os estados em que elas apareceram são Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

A substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas. A origem da substância poluente está sob investigação.

G1RN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.