Desmatamento na Amazônia bate recorde e cresce 29,5% em 12 meses

Floresta queimada em Apuí. /Bruno Kelly/Reuters

O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) informou hoje que o desmatamento anual na Amazônia medido entre 1º de agosto de 2018 a 31 de julho de 2019 é o maior para o período em um intervalo de 10 anos. A reportagem é do portal UOL.

O monitoramento anual do desmatamento por corte raso na Amazônia Legal é feito pelo Prodes e apontou 9.762 km² área atingida.

O número representa uma alta de 29,5% em relação ao registrado no ano passado. Entre 2017-2018, o desmatamento foi de 7.536 km².

No período 2007-2008, a área atingida ficou em 12.911 km². A Amazônia Legal é formada por - Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca