Família de Carnaubais pede ajuda para custear tratamento de criança com calazar

Jordean Matias Fernandes e sua mãe, Jardete Matias (Foto: reprodução) 

A Divisão de Vigilância em Saúde confirmou um caso de calazar humano em Carnaubais, região Oeste Potiguar. A vítima é Jordean Matias Fernandes, de 5 anos, que está internado no Hospital Regional Tarciso Maia (HRTM) em Mossoró.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, entre 50 mil e 90 mil pessoas adoecem todos os anos com leishmaniose visceral, também conhecida como calazar. Dos casos registrados na América Latina, 90% ocorrem no Brasil.

A doença é transmitida ao homem pela picada de fêmeas do inseto infectado, conhecido popularmente como mosquito palha ou biriqui. A transmissão aos insetos ocorre quando fêmeas do mosquito picam cães ou outros animais infectados, e depois picam o homem, transmitindo o protozoário Leishmania chagasi, causador da leishmaniose visceral, segundo informações divulgadas no portal Agência Brasil.

Em humanos, os sintomas da doença são febre de longa duração, aumento do fígado e do baço, perda de peso, fraqueza, redução da força muscular e anemia. Quando não tratada corretamente e em tempo, pode ser fatal.

Mãe pede ajuda para custear tratamento do filho

A dona de casa Jardete Matias pede ajuda para custear o tratamento do filho Jordean.

“A gente precisa de apoio. Meu esposo está desempregado e não temos condições de custear o tratamento, medicações e também o translado de Carnaubais para Mossoró."

Doações 

Caixa Econômica Federal 
Agência: 4912 
Conta Poupança: 013 00012081-3
Airton de Souza Fernandes 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.