Coronavírus: Brasil ultrapassa 200 mil casos e chega a 13.993 mortes


O Ministério da Saúde atualizou nesta quinta-feira, 14, os números para 13.993 óbitos e 202.918 casos confirmados na pandemia do coronavírus no país.

O Brasil registrou 844 óbitos nas últimas 24 horas, a segunda maior taxa desde o início da pandemia. O número de casos em úm único dia é o maior já registrado até hoje, 13.944, ate então, o recorde era o registro de ontem, com 11.385 diagnósticos positivos.

O estado na dianteira de infectados e mortos é São Paulo, com 54.286 e 4.315 registros, respectivamente. Seguido do Rio de Janeiro com 21.077 casos e 1.413 mortes.

O levantamento em tempo real da Universidade Johns Hopkins aponta que o Brasil subiu duas posições e agora é a sexta nação com mais diagnósticos positivos da doença. Em número de óbitos em decorrência de Covid-19 também é o sexto país mais afetado. De acordo com a pasta da Saúde, não há qualquer perspectiva da diminuição de casos neste momento.

Pela primeira vez, o Ministério da Saúde falou sobre o desfalque de profissionais da saúde por conta da ocorrência do novo coronavírus. Até hoje, 199.768 profissionais hospitalares tiveram quadros suspeitos de Covid-19 — e, portanto, foram temporariamente afastados do trabalho. Dessa monta, 31.790 (15,9%) foram diagnosticados como positivo e 53.677 testaram negativo (26,9%). Em investigação, estão mais 114.301 casos (57,2%). Os mais afetados são os técnicos em enfermagem, com 68,250 registros. A pasta não disponibilizou dados sobre óbitos de profissionais em trabalho.

Até agora, o país já realizou 372.015 testes por meio de laboratórios públicos, outros cerca de 150.000 ainda estão sob análise. A pasta ainda não informa quantos testes feitos por iniciativas privadas foram aplicadas no país. O Ministério da Saúde prometeu que a distribuição de teste chegará a monta de 5 milhões de unidades.

Com conteúdo Veja

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.