"Não somos instituição do governo, não temos partido", diz comandante do Exército

Foto: Divulgação


'Não mudamos a cada 4 anos a nossa maneira de pensar e como cumprir nossas missões', afirmou o general Edson Pujol


Nesta sexta-feira (13), o comandante do Exército , general Edson Pujol, disse durante o seminário da Defesa Nacional que a instituição não pertence ao governo ou aos partidos políticos. As informações são do Brasil 247 .

"Não somos instituição de governo, não temos partido, nosso partido é o Brasil. Independente de mudanças ou permanências em determinado governo por um período longo, as Forças Armadas cuidam do país, da nação. Elas são instituições de Estado, permanentes. Não mudamos a cada 4 anos a nossa maneira de pensar e como cumprir nossas missões", disse o general. 

As delcarações foram dadas devido às recentes menções das forças armadas por parte de Jair Bolsonaro (sem partido). Na última quarta-feira (11), o presidente defendeu o uso de "pólvora" contra os Estados Unidos , na defesa da Amazônia, já que o presidente eleito, Joe Biden, busca envolver os EUA na causa. 

Durante uma cerimônia na Acadêmia Militar das Agulhas Negras, Bolsonaro atacou a Argentina e a Venezuela, que, segundo ele, estão "enveredando por outro caminho" no que diz respeito à liberdade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca