Atingido por bala de borracha, homem que não estava em protesto perde olho


Um homem foi atingido no olho por uma bala de borracha disparada pela polícia Militar de Pernambuco durante o protesto contra o presidente Bolsonaro, no Centro do Recife, neste sábado (29). Daniel Campelo da Silva, 51 anos, morador dos Torrões, foi alvejado no olho esquerdo por uma bala de borracha disparada por um policial do Batalhão de Choque.

"Dani Campelo foi atingido no olho. Infelizmente, será operado. Vai perder a visão. Ele nem estava no ato. Estava comprando material para o seu trabalho de adesivagem de carros. Está na Restauração agora e amanhã volta para o Altino Ventura para ser operado. Absurdo, uma manifestação pacífica ser recebida por uma verdadeira emboscada policial. Pedir vacina no braço e comida no prato e receber gás de pimenta e balas de borracha", informa a nota conjunta do vereadores do Recife Ivan Moraes e Dani Portela.

Procurada, a  Polícia Militar de Pernambuco não quis se pronunciar. Em pronunciamento, o  governador Paulo Câmara disse que o comandante da operação e os policiais envolvidos foram afastados e que determinou investigação sobre a operação, para a qual informou que não havia nenhuma ordem de uso de força contra manifestantes.


Com conteúdo Folha de Pernambuco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.