Com 93,15%, RN é o estado mais eficiente na aplicação de vacinas do Brasil


A campanha de imunização contra Covid-19 ainda caminha a passos lentos no Brasil. De todas as 102,9 milhões de vacinas disponíveis no país atualmente, 69,6% já foram injetadas nos braços dos brasileiros. Mas, como já era de se esperar em um país de dimensões continentais e 27 unidades federativas, há ritmos e ritmos, a depender de cada estado, e assim como o número de casos e mortes pela doença tem variações de uma região para a outra, o de vacinação também oscila muito.

Todos os estados e o Distrito Federal recebem do Ministério da Saúde um quantitativo de doses de forma igualitária e proporcional às suas populações. A ordem de aplicação também foi definida pelo Ministério da Saúde. Começou-se pelos grupos prioritários e, recentemente, a pasta autorizou o início da imunização da população em geral acima de 18 anos. Mas deverá ser respeitada uma ordem decrescente de idade. O avanço da campanha caminha de acordo com a quantidade de doses disponibilizada.

Mesmo assim, o uso das doses recebidas tem grande variação entre os estados e o Distrito Federal. Por exemplo, o Rio Grande do Norte utilizou 93,15% das doses recebidas, sendo o estado que mais utilizou suas doses. Seguido por ele, o Alagoas aplicou 89,2% das doses recebidas e, fechando o pódio, Roraima com 86%. Por outro lado, o Amazonas e o Acre são os estados que menos utilizaram as doses recebidas, com apenas 52,6% e 59%, respectivamente. A taxa do Rio Grande do Norte foge à regra das atualizações do site do Ministério da Saúde. Por ter um sistema de atualização próprio, os números demoram mais para ser atualizados do que o de outros estados, de acordo com a Secretaria de Saúde estadual.

A maioria dos estados e o Distrito Federal já administraram entre 70% e 80% das doses recebidas. Acima dessa média estão Paraíba (80,2%) e Mato Grosso do Sul (83,1%).

No outro extremo, em situação um pouco melhor que o Amazonas, que utilizou pouco mais da metade das doses recebidas, estão Pará (62,4%), Rondônia (63,9%) e Sergipe (64,9%). Confira abaixo a taxa de vacinas utilizadas por cada estado até esta segunda-feira, 7, em relação ao total de vacinas recebidas.

Até 60%: Amazonas (52,6%) e Acre (59%).

Entre 60 e 70%: Pará (62,4%), Rondônia (63,9%), Sergipe (64,9%), Rio de Janeiro (65,3%), Pernambuco (65,7%), Ceará (67,7%), Piauí (68,9%), Minas Gerais (69,2%) e Distrito Federal (69,8%).

Entre 70 e 80%: Tocantins (72,4%), Santa Catarina (72,6%), Mato Grosso (73,4%), Bahia (75,1%), Paraná (75,8%), Goiás (76,2%), São Paulo (76,2%), Amapá (76,9%), Maranhão (77,6%), Espírito Santo (78,1%) e Rio Grande do Sul (79,8%).

Entre 80 e 90%: Paraíba (80,2%), Mato Grosso do Sul (83,1%), Roraima (86%) e Alagoas (89,2%).

Acima de 90%: Rio Grande do Norte (93,15%).



Com conteúdo Veja

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca