Rebeca Andrade se classifica na ginástica com funk Baile de Favela


“Que ela veio quente e hoje eu tô fervendo/ Quer desafiar num tô entendendo” A ginasta Rebeca Andrade, de 22 anos, veio quente e fervendo em suas primeiras apresentações na Olimpíada de Tóquio. Pôs o funk de McJoão como trilha sonora de sua exibição no solo e, claro, viralizou nas redes sociais.  “Acho que a gente está passando um momento tão difícil que um pinguinho de felicidade faz a diferença”, disse. Pena o Centro de Ginástica Ariake, em Tóquio, ter estado vazio, e assim permanecerá até o fim dos Jogos.  O ritmo forte do funk certamente empolgaria a plateia. Mas se passou na TV, meio mundo viu e ouviu. “Trazer a cultura funk para o outro lado do mundo foi incrível”, resumiu a atleta.  


Rebeca foi a segunda colocada na fase classificatória no individual geral, atrás apenas da inigualável americana Simone Biles. Foi terceira no salto  e quarta no solo. Ela  volta a levar a festa da favela para Tóquio na quinta-feira, 29, às  7h50 horário de Brasília, na disputa do individual geral – o pódio será tarefa difícil, claro, mas a festa ela já fez.

Com conteúdo Veja

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.