Famílias comem lagartos e restos de carne para enganar fome no RN


Reportagem da Folha de S. Paulo assinada pela jornalista Renata Moura mostrou a situação desesperadora de famílias da Zona Rural do Município de Senador Elói de Souza, no Rio Grande do Norte.

Um dos entrevistados é Adailton Oliveira de 52 anos. Ele conta que há um mês não come carne e que os R$ 170 do Bolsa Família são insuficientes para garantir o básico. Até para recorrer a pequenos répteis e passarinhos ficou difícil.

Ele conta que já se apelou para passarinhos e lagartos para comer e hoje nem a isso pode mais recorrer porque os animais migraram para onde tem água. “É isso porque não tem outro jeito. Sem chuva não se planta o que comer e se acabam os animais. Também não existe mais passarinho para desfrutar, e a gente não tem condição de pedir no mercado ‘bota 1 kg de carne com osso’. A gente tem que pegar os bichinhos para fazer a mistura”, conta.

Com conteúdo Blog do Barreto 

Leia a reportagem completa AQUI.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca