Gabriel Boric novo presidente do Chile


Boric vence Kast na eleição presidencial

O candidato presidencial do Aprovar Dignidade, Gabriel Boric, venceu o segundo turno das eleições presidenciais neste domingo, 19 de dezembro, derrotando o porta-estandarte da Frente Social Cristã, José Antonio Kast.

Segundo dados do Serviço Eleitoral, com 50,01% das pesquisas apuradas até às 19h13, o deputado de Magalhães obteve 54,72% e Kast 45,28%, o que marca uma tendência que se supõe irrecuperável.

Ambos chegaram às urnas depois de ocuparem o primeiro e o segundo lugar nas eleições de novembro, com uma diferença de 146 mil votos a favor do ex-sindicalista. Foi o resultado mais estreito desde a eleição de 1999, entre Joaquín Lavín e Ricardo Lagos.

Pela primeira vez em três décadas, as forças que governaram em sete mandatos - Chile Vamos e a antiga Concertación - não chegaram com candidato às urnas. Os democratas-cristãos, que apoiaram sua candidatura no segundo turno, anunciaram que se oporão a um possível governo do legislador da Frente Ampla.

Em declarações à imprensa após conhecer os números do Servel, o deputado eleito Gonzalo de la Carrera disse que “é uma grande vantagem, na minha impressão é que se mudarem (os resultados), mudarão muito pouco”.

O processo eleitoral decorreu com altas temperaturas na zona central, grande congestionamento de trânsito em redor das assembleias de voto e questionamentos de autarcas e opositores devido à suposta baixa frequência ou ausência de transportes públicos em algumas cidades. A Ministra dos Transportes e Telecomunicações, Gloria Hutt, pediu desculpas pelo funcionamento do sistema.

Até o momento não se sabe se será realizada a tradicional visita do candidato derrotado ao comando do vencedor.

A terceira

Com conteúdo nodal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Furto na rede elétrica deixa mais de 8,8 mil imóveis sem luz em Areia Branca

Três grupos mostram interesse no Leilão do Porto Ilha

Homem é encontrado morto com sinais de espancamento em Areia Branca